Como escolher o Celebrante para o seu casamento?
Buscar
  • Celebrante Marcos Lopes

Como escolher o Celebrante para o seu casamento?

Atualizado: Jun 28

Existem exceções, mas na ordem natural os casais se conhecem, namoram, noivam e decidem se casar.


Com essa decisão tomada, começam a escolher os profissionais para realizar o grande sonho de suas vidas: o casamento.


Os serviços essenciais vem primeiro, tais como espaço, buffet, cerimonialista, decoração, foto e vídeo. E a grande dúvida dos casais é: Como encontrar os melhores profissionais? Que escolha difícil! Aqui vou ajudar na escolha do celebrante.


Marcos Lopes Celebrante de Casamentos

A dica que dou para os casais que me procuram é: Precisam pesquisar bastante e contratar os fornecedores que deem um match (aprendi essa palavra com os casais que se conheceram por aplicativos de relacionamento e me contaram... Haha) com aquilo que o casal é e, claro, ver se o bolso está disposto e pagá-lo.


Aqui nesse post vou ajudar você a contratar o melhor celebrante para o seu casamento e prometo tentar ser o mais imparcial possível.


Assim como em todos profissionais, não existe um melhor e pior e sim o melhor para você, ou seja, aquele que se enquadre no perfil que busca.


Por isso, irei mostrar alguns estilos de Celebrantes de Casamentos. Com os estilos na mesa, basta procurar aquele que de fato se enquadre ao que você busca e ser feliz!


Sou suspeito a falar, mas considero o celebrante a peça fundamental para o seu casamento, pois será ele o incumbido de dizer o que é um casamento e existem diversos tipos de opiniões sobre esse assunto.


Por isso, é necessário que esse profissional tenha uma opinião igual ou muito próxima daquilo que o casal acredita porque, se não, nada fará sentido.


O que adiantar casar no melhor espaço do Brasil, entupir seus convidados com um buffet de primeiríssima qualidade, ter registros em foto e vídeo dignos de Revista Caras, mas o ato do casamento, motivo pelo qual todos estarão lá de verdade (tudo bem que muita gente vai pra comer, mas desconsideremos esse parênteses... Haha) não fizer nenhum sentido para o casal e sua família?


Eu respondo: Não faz o menor sentido. Por isso, o Celebrante de Casamentos é a peça fundamental para o seu casamento.


Existem diversos tipos de Celebrantes de Casamentos e irei listar aqui três estilos dos quais considero mais comuns.


O número de celebrantes aumentou muito na última década como falei em um dos meus posts nesse blog e em consequência muita criatividade veio junto para se diferenciar dos demais, portanto, será impossível falar sobre todas as formas.


Aos celebrantes que lerem esse post, peço desculpas se me considerarem raso demais ou se deixei algo passar, garanto que fiz esse polêmico post na melhor das intenções! :)


Primeiro, gostaria de falar o que não será levado em consideração para a escolha dos estilos:


Ponto I - No geral, todos contam a história do casal, alguns de uma forma mais detalhada outros mais generalista, portanto, partirei do princípio que isso está sendo uma regra e não um estilo.


Ponto II - Um assunto que divide opiniões é o uso de cerimônias alternativas (ou rituais) que alguns são adeptos e outros não.


Entendo que esse assunto é transversal, ou seja, dentro de cada estilo tem os que gostam e os que não gostam de fazer os rituais, tais como, cerimônias das areias, cerimônia do baú/vinho, entre outros. Logo, também não será levado em consideração para o estilo do profissional.


Ponto III - A questão dos votos também não foi levada em consideração. Também entendo ser um assunto que anda de forma transversal nos estilos.


Ponto IV - Não falarei nesse post sobre cerimônias homoafetivas. Não só por ser um tema polêmico demais, mas por também estar presente e ausente em todos os estilos. Talvez um dia faça uma postagem só sobre esse assunto.


Ponto V - Não será abordado o modo de fazer a cerimônia, ou seja, se leem ou falam olho no olho; se fazer reuniões presenciais ou remotas, etc.


Para chegar a conclusão abaixo, falei com alguns profissionais sobre esse post (para outros, mandei mensagem e não me responderam, mas tudo bem... Haha)


Também levei em consideração a minha incansável pesquisa diária sobre os celebrantes de casamentos que existem (sim gente, essa é a minha paixão e me dedico ao máximo para dar sempre o melhor para os noivos).


Espero que gostem dessa separação e se não concordar me mandem mensagem porque, como tudo na vida, a mudança é constante e nunca conseguiremos agradar a todos.


Após explicar um pouco de cada estilo, irei marcar os sites/redes sociais/portfólio do site Casamentos dos profissionais para conhecerem um pouco também.


Lembro que o fato de os profissionais estarem enquadrados num mesmo estilo não significa que têm cerimônias parecidas e muito menos iguais.


Sugiro entrar no site de cada um dos celebrantes mencionados e vão ver que mesmo estando enquadrados no mesmo estilo possuem formas completamente distintas de celebrar um casamento porque existem diversos outros fatores para diferenciá-los.


1. Celebrante Objetivos e Criativos - São celebrantes que entendem que as cerimônias precisam ser rápidas (e vejam, rápido não significa superficial ou raso), pois ao contrário serão cansativas.


No geral, esses celebrantes costumam dar toques de humor e criatividade, além de serem autênticos e realizarem cerimônias exclusivas.


Profissionais com esse estilo costumam seguir a orientação dos noivos no que diz respeito a questão religiosa e o fator surpresa pode ser no humor que usam nas celebrações e/ou de usarem de sua criatividade para fazer algo diferente e especificamente para o casal que ali está.


Cito aqui profissionais como Maurício Macri, Anderson Amaury Silva, Sidney Botelho, Gisele Alves, Filipe Firmo, Leandro Barros, Marcos Lopes, entre tantos outros.


2. Celebrantes Filosóficos e Poéticos - São celebrantes que usam citações filosóficas, fazem metáforas sobre casamento e família, além de serem extremamente profundos nas oratórias sobre sabedoria, amor, aprendizado e falam também sobre o futuro, tão importante para manter um casamento vivo.


Esses celebrantes também produzem cerimônias exclusivas para cada casal, sempre usando de filosofias e poesias que se enquadram em cada cerimônia.


Sobre a parte religiosa, também seguem no formato de entender o que o casal deseja e fazer aquilo que o casal quer nesse sentido.


Caso o desejo do casal seja falar sobre religião, costumam fazer citações bíblicas e filosóficas que condizem com a história deles.


Costumo dizer que esses celebrantes dão aula de sabedoria no altar. Cito profissionais como Jacques Tegani, André Azevedo, Lidia Vas, Rafael Divino, Rochelle Teles, Julio Cesar, entre outros que seguem esse formato e ideologia.


3. Celebrantes Religiosos e Espirituais - Por fim, falaremos um pouco sobre esse estilo, que é o mais antigo de todos, pois na cultura milenar do casamento, esse ato era (e para muitas famílias é até hoje) sinônimo de religião.


Não é difícil encontrar famílias que acham um absurdo um casamento acontecer fora de uma igreja, seja ela evangélica ou católica.


Celebrantes religiosos ou espirituais são aqueles que são profundos quando a questão é Deus. Fazem citações bíblicas em todo momento da cerimônia, além de mostrarem e explicar o que é um casamento segundo a religião e a bíblia.


Padres e pastores são celebrantes religiosos e espirituais, mas como todos devem saber os padres da Igreja Católica Apostólica Romana só podem fazer casamento dentro da igreja católica, pois o Vaticano proíbe que eles saiam para fazer casamento fora dela.


Cito aqui alguns celebrantes que exercem a atividade fora das igrejas e estão enquadrados nesse estilo, são eles: Reverendo Otávio Augusto, Reverendo Miguel, Reverendo Alvaro Antunes, Padre Jurandir, Padre Alex, Reverendo Lucas, entre muitos outros.


É isso, pessoal. Fiquem todos com Deus e até o próximo post!


Forte abraço!


#celebrante #celebrantedecasamentos #cerimonialista #estilosdecelebrante #casamento



0 visualização
Manda uma mensagem e eu te retorno :)