top of page
Buscar
  • Foto do escritorCelebrante Marcos Lopes

O Desafio do Celebrante em Casamentos de Membros da CCB

Atualizado: 27 de jun. de 2020

Ola Pessoal! Estão bem? :)


Constantemente, faço cerimônias de casamentos de membros da Congregação Cristã do Brasil. Nesse último sábado, dia 16/06/2018, celebrei o casamento do Osny e da Elaine no Buffet Ilha de Capri.


Os membros da CCB optam por contratar um celebrante de casamentos para celebrar o seu grande dia porque o líder religioso (conhecido como ancião) não faz a celebração.

Tapete com versículo bíblico (1 Corintios 13) muito utilizado para casamento de membros da CCB
Tapete com versículo bíblico de um casamento que fiz em 2017.

Com isso, a maioria do casais membros da Congregação Cristã do Brasil fazem apenas o civil, convidando o Juiz de Paz do cartório para se dirigir até o salão ou o Buffet para realizar somente a parte do cartório, procedimento que é chamada de casamento em diligência.


Outros, preferem fazer a parte burocrática no cartório e contratam um celebrante de casamentos para fazer um cerimônia que busca falar sobre família, amor, troca das alianças e, claro, um Agradecimento a Deus.


No caso do Osny e da Elaine, eles optaram por fazer a terceira opção, que foi contratar o Juiz de Paz do cartório para fazer a parte do civil no Buffet e depois eu assumi a parte da cerimônia em si. O Juiz de Paz costuma fazer sua parte em menos de 5 minutos.


Sou apto a fazer o casamento com o efeito civil, mas não emito e Certidão de Casamento lá no dia (ela é emitida pelo Cartório dias depois do casamento), por isso, nunca fiz casamento com efeito civil para membros da CCB.


Tenho pra mim que não está certo o celebrante de casamentos fazer o efeito civil junto porque vai contra os princípios da religião que sempre deve ser respeitado!


Conforme as tradições da Congregação, o casal só está efetivamente casado quando tem a Certidão de Casamento em mãos. Como o celebrante não faz isso, o correto é que eles façam antes no cartório ou que peça a diligência do Juiz de Paz.


Na cerimônia de casamento em si, o celebrante deve ter atenção redobrada para os assuntos voltados para religião. Não é permitido fazer orações conjuntas (nem mesmo o Pai Nosso) porque não vai de encontro com a crença dos membros dessa religião.


No momento da troca das alianças, sempre questiono e sugiro que o casal ceda a palavra para um membro da sua comunidade para fazer uma oração no formato que eles seguem.


Quando essa oração ocorre, as mulheres da religião colocam seu véu e eu sempre peço para o cinegrafista do casamento desligar a câmera porque não é permitido gravar o momento da oração.


Deus abençoe a todos e até a próxima... :)


5.157 visualizações6 comentários

Posts recentes

Ver tudo

6 Comments


José Seabra
José Seabra
Feb 26

A Congregação Cristã no Brasil, e em todos os países onde tem representação, é uma igreja, não uma religião. Qual a diferença? Religião foi criada por homens, e o Povo da Congregação segue a DEUS e não a homens. A guia do Povo da Congregação é a única e infalível Palavra de DEUS que se encontra na Bíblia Sagrada, e como ela é toda ensinamento/doutrina, o Povo da Congregação segue a Doutrina de DEUS/Cristo da melhor forma possível, e não como referi, religião de homens.

Que DEUS abençoe a todos.

Like

Michele Bertolani
Michele Bertolani
Jan 23

Se alguém se casa diante dos homens, por ventura não se casou diante de Deus? Será que Deus cabe dentro de um templo feito por mãos de homens? Deus está em todo lugar em todo o tempo, por isso é chamado onipresente. Pra quê casar duas vezes? Como se Deus não tivesse visto seu matrimônio. "Casa de meu pai é lugar de jejum e oração" disse o Senhor. Deus abençoe.

Like

Michele Bertolani
Michele Bertolani
Jan 23

Há um pequeno equívoco nesta postagem, nós da congregação cristã, oramos sim o pai nosso, eu mesma oro todos os dias, assim como o Senhor nos ensinou, segundo cap. 6 Mateus. Oramos também na igreja, principalmente nos cultos de jovens e menores. Não casamos na igreja, porque na palavra está escrito que " a casa do meu pai, é lugar de jejum e oração". Apenas buscamos seguir, com nossas atitudes o que ensina as sagradas escrituras. Deus abençoe a todos.

Like

Nene Berarda
Nene Berarda
Jun 29, 2023

Porque a ccb aceita só a lei dos homens como casamento, onde fica a lei de Deus? Sou filha de militar não posso casar para não perder minha pensão, eu preciso deixar minha igreja? Que me batizei e sou membro a tempos

Like
cristielle santana
cristielle santana
Nov 01, 2023
Replying to

Uai, mas você não irá ter seus próprios meios para conseguir seu salário? Irá depender do seu pia pelo resto da vida? E se assim for deve procurar um marido que concorde em casar contigo, mantendo suas necessidades sem q vc precise trabalhar. As regras da CCB não é do homem é adivinha de Deus, dono de todo o universo, feito às suas regras!

Like
bottom of page